Receba as Matérias e Novidades do GrãoDoDia

7 Métodos de Preparo de Café

By Alex Melo - fevereiro 28, 2019

Como você prefere o seu café? Com essa perguntinha, aparentemente tão simples, pode surgir várias respostas! Coado no coador de pano, coado no filtro de papel, um espresso, ou mesmo na cafeteira elétrica de casa... E não para por aí!!!!! Calminha, rs!

Combinando a versatilidade de nossos amados grãos com um método de preparo preferido, podemos ter a bebida dos sonhos dentro da nossa xícara!

Pensando nisso, separamos 7 diferentes métodos de preparo de café. Queremos que você se descubra com a sua forma preferida! Confira! =)

Acervo Pixabay.

Conheça 7 Métodos de Preparo de Café


Filtro de Papel (ou Coado)


O método mais comum de preparo de café. O filtro de papel foi inventado em 1908 por uma italiana chamada Melitta Bentz, ao perceber que fazer café com o coador de pano deixava muitos resíduos de preparos anteriores, mesmo após as lavagens, e que assim comprometia-se o sabor da bebida. Dessa forma, utilizando o papel afunilado, ela acabou por criar uma das invenções mais utilizadas no mundo todo para o preparo de café em casa, principalmente.

Confira nossa matéria: 12 Passos para o Preparo de Café com Filtro de Papel


Cafeteira Italiana (ou Moka - ou ainda, Bialetti)


Como o próprio nome já sugere, esta cafeteira surgiu na Itália e ainda é muito utilizada pela Europa (e Brasil! rs). Praticamente é uma adaptação do bule, embora a água seja colocada na parte de baixo da cafeteira, o café moído no meio, e o café já como bebida, por vaporização, na parte superior. Quando a água entra em ebulição, passa pelo pó armazenado na parte central da cafeteira, e a bebida já sobe prontinha para o consumo na parte superior. Ela tem uma extrema similaridade com o espresso.

Confira nossa matéria: Como Utilizar uma Cafeteira Italiana


Cafeteira Francesa (ou French Press)


Também conhecida como French Press, a cafeteira francesa é considerada artigo de luxo em muitos países. Para se preparar o café utilizando-a, você precisa apenas colocar o pó no fundo, acrescentar água quente, deixar a água em contato com o café por 3 minutos e depois empurrar o êmbolo. Através da pressão, seu café sai filtrado e prontinho para ir parar na sua xícara. As medidas aconselhadas são: usar 40 g para cada 500 ml de água.


Aeropress


A cafeteira Aeropress começou a ser comercializada em 2005 e se tornou uma queridinha dos amantes de café por sua praticidade. Ela encanta por permitir que um café coado tenha características de um espresso, como extração de açúcares e óleos essenciais, o que não acontence em filtros comuns. Sendo composta por 2 dispositivos de plástico e um êmbolo de borracha central, além de uma peça onde se encaixa o filtro de papel próprio redondo e plano.

O inventor da Aeropress, Alan Adler, é um fabricante de brinquedos nos Estados Unidos.

Chemex


A cafeteira Chemex é uma jarra de vidro em forma de ampulheta, bastante resistente ao calor. E que possui um tipo de colar de madeira polida, como uma gravata de couro que serve para isolar o calor. Ela utiliza um filtro de papel próprio mais grosso que os filtros de papel mais comuns e conhecidos do mercado cafeeiro. Além disso, o filtro em forma de círculo vem aberto para que você o dobre na hora de preparar a bebida.

Um método especialíssimo que mantém as essências do grão, deixando a bebida ainda mais adocicada.


Cafeteira Elétrica


A mais prática e rápida entre todos os outros métodos. A cafeteira tem o tempo certo e automático de preparo, fervendo a água no tempo programado e assim você não tem que fervê-la. As medidas podem variar de acordo com o gosto da pessoa, para mais forte (mais pó de café), ou mais fraco (mais água no reservatório).

Confira nossa matéria: 12 Passos para o Preparo de Café com Filtro de Papel



Hario V60


O café filtrado em um Hario V60 (normalmente fabricado em cerâmica - ou acrílico) tem características que o diferenciam de um coado comum, devido ao fluxo de preparo contínuo e homogêneo de extração devido seu formato único e próprio (com sulcos em espiral).

Esse método foi desenvolvido no Japão e possui alta resistência térmica. Utiliza-se um filtro de papel cônico fino e poroso. Recomenda-se que a moagem do grão seja média, resultando em um bebida bastante leve e limpa.


Bons cafés, coffeelovers!!!! 💖

Gostaram? Já escolheram uma? 
Qual a sua preferida? Conta aqui nos comentários pra gente!


Não deixem de marcar seus momentos cafezinho usando a #GraoDoDia.



*  *  *

Nos Sigam nas Redes Sociais 

Grão Do Dia ☕  
- um pouco de café - um pouco de cor -
IG: @graododia (instagram.com/graododia)
Facebook: facebook.com/graododia
Twitter: twitter.com/graododia
Site/blog: www.graododia.com

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários